Páginas

Marcadores

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Blair e o Padre

Padre: O que lhe preocupa, minha criança?
Blair: Depois que terminei com o meu namorado há exatos 20 minutos atrás, eu sucumbi à inebriação em um boteco e entreguei minha virtude à um auto-referenciado. A única boa notícia é que ele é um porco que irá agir como se nada tivesse acontecido. Graças a Deus... (Climão) Olha desculpe estar aqui, na verdade nem sou católica...
Padre: Não diga..
Blair: Mas, perder minha virgindade com Chuck Bass? Nenhum dos meus amigos irá entender... eu estou pronta para o meu castigo... seja qual for o que você e Deus achem o que seja mais justo; chicotadas, açoitadas, botar aquela coisa com dentes na minha coxa, como Silas.
Padre: Que tal ao invés disso, alimentar seu espírito? não beba, não tire suas roupas e tente se desvencilhar dessas pessoas.
Blair: Obrigada Padre, foi um conselho muito bom. À propósito, você não concede desejos de aniversários, não é?
Padre: Eu sou um padre, não um gênio.
Blair: Certo, não esperava milagres!

Nenhum comentário:

Postar um comentário